Seja bem-vindo(a) ao nosso novo portal! Ajude-nos a deixá-lo ainda melhor enviando a sua opinião. Clique aqui.
Artigos › 26/05/2018

A elegância espiritual das noivas pontuais

O mês de maio oportuniza muitos casamentos; neste contexto gostaria de elogiar aquelas noivas que acreditam que demorar a sua chegada na Igreja, longe de ser charme, desconsidera ao principal convidado: o Senhor Jesus. Para estas noivas, inspiradas pela graça, casarem-se é celebrar uma Aliança com Jesus, é pedir a Ele que a união seja um Sacramento grandioso como o amor de Cristo pela sua esposa, a Igreja.

Estas noivas, a partir da fé, sabem que o impacto de mostrar o seu vestido, seu penteado, ou mesmo a sua maquiagem, é efêmero e passageiro, o que conta para a felicidade e o bom sucesso do casamento é a presença e benção do Senhor. Não estamos falando isto para banir o aspecto festivo e social que tem legitimidade, mas importa valorizar o sentido transcendente e religioso que dará consistência de permanência e durabilidade à união matrimonial.

Quando priorizamos o secundário, destacando apenas formas materiais ou sensoriais, prejudicando aquilo que pela intencionalidade dos nubentes deveria ser uma autêntica consagração do amor conjugal diante de Deus e da Igreja, não estamos longe da profanação. Por tudo isto, aquelas noivas que investem na sua preparação espiritual, procurando a confissão, e planejando com zelo sua cerimônia religiosa, são agraciadas, pois não sucumbirão à cultura “selfie” da foto e da mera representação, mas darão testemunho da dignidade e sacralidade do matrimônio.

É importante compartilhar, com todos os familiares e amigos, a alegria incomensurável deste dia, porém, a quem devemos agradecer e louvar por primeiro é ao Deus Amor que nos consagra e une para sempre, santificando o lar cristão que se inicia com o Sacramento do matrimônio.

Resgatar a sacramentalidade e a liturgia esponsal, preservando-a contra todo mundanismo e banalização secular, constitui o soerguimento de códigos de barra espirituais para garantir o Plano de Deus em toda sua maravilhosa e magnífica dignidade e honra para a Igreja e para toda a humanidade. Deus seja louvado!

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)


Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.