Seja bem-vindo(a) ao nosso novo portal! Ajude-nos a deixá-lo ainda melhor enviando a sua opinião. Clique aqui.
Artigos › 23/09/2014

Bíblia; livro santo que nos ensina a viver

bible-SunlightO mês de setembro é dedicado à Sagrada Escritura. No dia 30 de setembro a Igreja celebra a memória de São Jerônimo, um homem apaixonado pela Palavra de Deus. Ele foi um grande exegeta, ou seja, um estudioso da Bíblia.

A Bíblia é  o santo livro que nos ensina os procedimentos para uma boa romaria rumo à plenitude da vida. No percurso existencial há dias e noites, luzes e trevas, sol e chuva, nascimentos e mortes, amores e ódios, dores e alívios, conflitos e paz, aberturas e fechamentos, alegrias e tristezas…  No caminho humano há uma palavra especial que se torna luz e contribui para que as experiências negativas ou de amarguras não se cristalizem.

Esta palavra especial é aquela comunicada por Deus à humanidade. É a palavra revelada. Trata-se de uma palavra chegada até nós por uma inspiração divina. “As coisas divinamente reveladas, que encerram por escrito e se manifestam na Sagrada Escritura, foram consignadas sob inspiração do Espírito Santo” (Dei Verbum, 11).

A Bíblia contendo a Palavra de Deus, hoje, está nas mãos de todas as pessoas que desejam ter um caminho iluminado. Muitos leem as Sagradas Escrituras. As crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos têm oportunidades de tomarem em suas mãos este livro santo. Multiplicam-se as reuniões onde a Bíblia é lida e meditada. Esta leitura é aconselhada a ser cada vez mais orante, pois a oração torna a pessoa mais habitada por Deus e conseqüentemente mais compreensiva do mistério humano. “Sempre saio da oração mais humano” (Louis Pasteur).

A Palavra de Deus é a luz que ilumina o discernimento de valores e o agir humano. Sem ela dificilmente alguém conseguirá perdoar e rezar por quem lhe caluniou e amar quem lhe ofendeu. As lições do Evangelho nos fazem descobrir a beleza do amor gratuito, a paciência no sofrimento, a dedicação aos doentes e empobrecidos e o abandono confiante nas mãos de Deus.

Realmente a Palavra de Deus é necessária à nossa caminhada.

A comunicação de Deus é sempre afetiva, porque Ele é a máxima expressão de ternura e afeto. Quando alguém ama não fala gritando. Os namorados falam baixinho. Deus porque nos ama, fala serenamente aos nossos ouvidos. Ele sussurra a sua palavra viva dia por dia, a cada ser em peregrinação. Quem tem um ouvido afinado à comunicação de Deus é capaz de compreender e amar o que Ele diz.

Dom Messias dos Reis Silveira

Bispo Diocesano


Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.