Seja bem-vindo(a) ao nosso novo portal! Ajude-nos a deixá-lo ainda melhor enviando a sua opinião. Clique aqui.
Notícias da diocese › 26/05/2018

Dom Messias se encontra e conversa com catequisandos na Catedral de Uruaçu

Os catequisandos e o bispo diocesano Dom Messias dos Reis Silveira, tiveram um momento especial na manhã deste sábado (26). É que o bispo teve um diálogo com as turmas de Pré-Catequese e Primeira Eucaristia da Paróquia Sant’Ana, Catedral de Uruaçu, organizado pela Coordenação de Catequese, na pessoa da coordenadora Aldenice. Durante o encontro, Dom Messias teve a oportunidade de ouvir as crianças sobre sua caminhada. A ele foi apresentado o material utilizado, como os livros Crescer em Comunhão, que são adotados pela Diocese de Uruaçu e expressam a unidade desta Igreja.

As crianças também apresentaram a Dom Messias objetos religiosos que são utilizados na catequese, como a cruz, a imagem de Cristo Crucificado, a Bíblia, a imagem de Nossa Senhora, os documentos da Igreja, entre eles, duas cartas pastorais, “Sete Cestos Cheios”, e “Permanecei em mim”, além do livro “Superar a dor do luto”, todos escritos por Dom Messias. A catequista Aldenice, por sua vez, disse em sua fala que no coração da catequese se encontra uma pessoa que é Jesus Cristo, o Filho de Deus.

Dom Messias discorreu sobre a frase da catequista, de que no coração da catequese se encontra uma pessoa que é Jesus Cristo, o Filho de Deus. “Jesus é a revelação do Pai na pessoa do Filho”. Continuando a reflexão, ele explicou que os discípulos deram continuidade à missão de Jesus e que ele é sucessor dos discípulos. “Como bispo da Igreja eu sou um sucessor dos apóstolos e tenho a responsabilidade de conduzir a Igreja, a Diocese. É minha responsabilidade também anunciar o Evangelho, ajudar as pessoas a se santificarem”, explicou.

Discipulado

O caminho de preparação para receber os Sacramentos, explicou ainda Dom Messias aos catequisandos, não tem como fim apenas o Batismo, a Primeira Eucaristia, a Crisma e todos os outros Sacramentos, mas o discipulado. “O discípulo é aquele que segue Cristo, por isso o importante não é se preparar para receber o Sacramento, mas seguir Jesus”. Por meio de uma dinâmica, Dom Messias mostrou às crianças a importância do seguimento. Chamando as crianças à frente, convidou-as a dar um passo adiante, que significava ir em direção a Jesus, e atrás significava que não estavam em seguimento do Cristo.

O bispo afirmou também às crianças que durante o processo de seguimento Cristo nos presenteia. “A Eucaristia, a Crisma e o Batismo são os presentes de Jesus em nossas vidas quando o seguimos. São presentes que ele nos deixou e são oferecidos a todos nós para nosso sustento e caminhada”. Logo após foi aberto um momento para perguntas. De maneira simples e espontânea, as crianças se sentiram à vontade com Dom Messias para fazer-lhe as mais diversas perguntas. Entre elas sobre como ele foi chamado para ser bispo, se ele se arrepende de ser sacerdote, se sabia que ia ser bispo. Perguntaram ainda sua idade, questões relacionadas a afeto, se Dom Messias já teve experiência com namoro antes de ingressar no seminário, entre outras. O bispo respondeu a todas as questões com muita tranquilidade destacando sua felicidade por ser sacerdote há 26 anos e bispo há 11. “Foi uma conversa muito agradável com as crianças e eu pude apresentar um pouco sobre a minha vida, tive proximidade com elas e apresentei as coisas belas que a Igreja vai nos revelando”, finalizou o bispo.

Por Setor de Comunicação Diocesana


Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.