Seja bem-vindo(a) ao nosso novo portal! Ajude-nos a deixá-lo ainda melhor enviando a sua opinião. Clique aqui.

Cristo Rei ou Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, é um título de Jesus baseado em várias passagens bíblicas e, em geral, usada por todos os cristãos, em uma data importante no calendário católico.

As principais teorias sobre o reinado de Cristo estão expressas na encíclia “Quas Primas” do Papa Pio XI, publicada em 1925 e em diversos documentos do Vaticano. O Papa Pio XI instituiu esta festa em 1925 com o intuito de diminuir o crescimento de correntes de pensamento laicistas que eram contra aos valores cristãos. Cristo é o rei do universo, e deve reinar na sociedade. Seu reino é um reino apenas de justiça, de paz e amor.

Jesus foi Rei, durante sua vida, em dois momentos: ao entrar em Jerusalém como um Rei pobre, montado em um jumento emprestado e ao ser humilhado na Paixão, revestido com manto de púrpura-gozação e capacete de espinhos; Rei ao morrer despido e com o peito traspassado na cruz. Rei da paz e Rei do amor sem limite até a morte. A realeza de Jesus é a realeza do Amor Ágape de Deus por toda a humanidade e por toda a criação.

Esta festa é ocasião propícia para podermos reconhecer, mais uma vez, que na cruz de Jesus o poder-dominação, o poder opressor, criador de desigualdades e exclusões, espalhador de sofrimento por todos os lados, está definitivamente derrotado. Isso se deu pelo seu modo de viver para Deus e para os outros. O fracasso na cruz é a vitória de Jesus sobre o mal, o pecado e a morte, por meio de Sua Ressurreição.

Essa festa se torna então reveladora de um tríplice fundamento para a nossa esperança de que as promessas de Deus serão cumpridas até o fim.

*Por Canção nova*

O Ano Litúrgico é o “calendário religioso”. Por ele, o povo cristão revive anualmente todo o Mistério da Salvação centrado na Pessoa de Jesus, o Messias. O Ano Litúrgico contém as datas dos acontecimentos da História da Salvação; contudo, não coincide com o ano civil, que começa no dia primeiro de janeiro e termina no dia 31 de dezembro.

O Ano Litúrgico, por sua vez, começa com o Primeiro Domingo do Advento e termina na última semana do Tempo Comum, onde se celebra a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo (Cristo Rei). Em outras palavras, ele começa e termina quatro semanas antes do Natal, cumprindo sempre três ciclos: A, B,e C. No Ano (ou ciclo) A, predomina a leitura do Evangelho de São Mateus; no Ano (ou ciclo) B, predomina a leitura do Evangelho de São Marcos e no Ano(ou ciclo) C, predomina a leitura do Evangelho de São Lucas. O Ano Litúrgico é composto de diversos “tempos litúrgicos” e sua estrutura é a seguinte:

  • Tempo do Advento
  • Tempo do Natal
  • Tempo Comum ( Primeira parte )
  • Tempo da Quaresma
  • Tríduo Pascal
  • Tempo Pascal
  • Tempo Comum

 

Oh Cristo Jesus, reconheço-Vos Rei Universal.
Tudo o que foi feito para Vós foi criado. Exercei em mim os vossos direitos.
Renovo minhas promessas do Batismo,renunciando a Satanás, às suas pompas e às suas obras, e prometo viver como bom cristão.
Muito particularmente me comprometo a fazer triunfar, por todos os modos que puder, os direitos de Deus e de vossa Igreja.
Divino Coração de Jesus, ofereço-Vos minhas pobres ações para alcançar que todos os corações reconheçam vossa realeza sagrada e assim se estabeleça no universo inteiro o vosso Reino. Amém.

Pai Nosso – Ave Maria – Glória

Threesome