Seja bem-vindo(a) ao nosso novo portal! Ajude-nos a deixá-lo ainda melhor enviando a sua opinião. Clique aqui.
Notícias da diocese › 13/08/2017

Missa e Procissão Solene na Romaria de Muquém 2017

Missa e Procissão

Na noite do último da sábado, aconteceu no Santuário de Nossa Senhora d’Abadia de Muquém a Missa Solene, presidida pelo Reitor do Santuário de Nazaré (Nazaré/Israel), Frei Bruno Varriano, e concelebrada pelos sacerdotes presentes na Romaria. A celebração teve início às 19h, e seguiu-se com a Procissão Luminosa.

O sacerdote iniciou sua homilia se referindo à irmandade entre os Santuários (Muquém/Nazaré): “Temos uma grande alegria nesta noite. O Santuário Nossa Senhora d’Abadia é o único Santuário irmão do Santuário de Nazaré em Israel, no Brasil. A simplicidade e a acolhida são semelhanças entre os dois santuários. Lá, em Nazaré, simples e pobre, como aqui no Muquém”, disse ele.

“Temos aqui em Muquém um pedacinho da Casa de Nossa Senhora, pobre e simples. Deus ama a simplicidade e a pobreza”, ressaltou ainda.

Frei Bruno, refletindo sobre a Anunciação do Anjo a Nossa Senhora, disse: “Maria teve medo. É um sentimento humano, mas ela não ficou paralisada no medo: Maria se pôs a caminho e vai ajudar sua prima Isabel. Quando somos dominados pelo medo, ficamos com paralisia espiritual”, explicou.

“Quando Maria chega à casa de sua prima Isabel, João Batista pula de alegria no ventre dela. É assim quando Jesus está chegando: fazemos festa, não nos deixamos vencer pelo medo, tem alegria. Quando temos Jesus explodimos de alegria!”, acrescentou o frei.

“Nesse Santuário tem um sonho: que se torne Escola da Palavra, como Maria acolheu o Verbo, a Palavra. A única bússola é a Palavra. Quando nos abrimos à Palavra de Deus, somos libertos do medo. É a Palavra que salva. Para Deus nada é impossível!”.

E concluiu sua homilia exortando os fiéis romeiros a imitar Nossa Senhora: “Precisamos ser como Maria, simples e acolhedora”.

Procissão da Fiaccolata na Romaria de Nossa Senhora d’Abadia de Muquém 2017

Por ocasião do Gemellaggio (irmandade) entre os Santuários de Muquém e Nazaré, após a celebração, seguiu-se com a Procissão Luminosa, conhecida também como Fiaccolata, que acontece pela primeira vez fora do Santuário de Nazaré. Momento marcante na história do Santuário de Muquém, a Fiaccolata chegará a 20 países pela TV Canção Nova.

A Solene Procissão da Fiaccolata foi conduzida por Frei Bruno e aconteceu na praça do Santuário durante a Santa Missa. A meditação do Santo Terço foi realizada em 6 línguas: Português, Latim, Inglês, Italiano, Espanhol e Árabe, como em Nazaré – Israel.

A Procissão da Fiaccolata acontece nas noites de sábado, em Nazaré. Algumas luzes iluminam ainda mais a cidade onde Jesus foi criado. Ao redor da Basílica, que recorda a Anunciação do anjo a Maria, os fiéis rezam o santo terço em uma linda procissão com velas. Sempre presidida por Frei Bruno Varriano, Guardião da Basílica, e com a presença dos franciscanos locais, a procissão leva a imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Com velas nas mãos, cada mistério do terço é rezado pelos fiéis em um idioma diferente, como o árabe, italiano, espanhol e português.

Confira fotos:

Pascom Diocesana


Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.