Seja bem-vindo(a) ao nosso novo portal! Ajude-nos a deixá-lo ainda melhor enviando a sua opinião. Clique aqui.
Notícias da diocese › 20/04/2017

Permanecei em mim – Carta Pastoral Dom Messias

Com o título Permanecei em Mim (Jo 15,14), Dom Messias dos Reis Silveira, bispo da Diocese de Uruaçu, publica segunda carta pastoral de seu episcopado.

Na Quinta Feira Santa, Dom Messias, Bispo Diocesano de Uruaçu entregou sua segunda Carta Pastoral aos Diocesanos. Seu desejo é que ela seja distribuída às principais lideranças nas Paróquias, para que assim, as pessoas tomem conhecimento das alegrias e inquietações do Bispo enquanto Pastor da Diocese. Solicitou que sejam realizados estudos sobre a mesma nas comunidades.

Essa Carta é um convite para intensificar o sentido e vivência da comunhão eclesial. Foi escrita tomando como ponto iluminador o seu lema episcopal: “Permanecei em mim” (Jo 15,4). Pois, o Bispo entende que é a partir de Jesus que se deve vivenciar toda comunhão. Jesus e seus discípulos viviam em comunhão apesar das incompreensões e fraquezas que eles tinham.

Dom Messias que neste ano completou dez anos de serviço pastoral, na Diocese de Uruaçu, e vai celebrar 25 anos de ordenação presbiteral, no mês de agosto, começa  a carta recordando a sua história familiar e vocacional. Como foi se dando o chamando de Deus em sua vida. Deus o quis perto de si. O chamou para a comunhão e o fez sucessor dos Apóstolos.

Recorda o Bispo a História da Salvação que é um intenso chamado de Deus para que as pessoas vivam em comunhão. A Parábola de Jesus sobre a Videira e os ramos representam de forma muito significativa a vida que circula nos ramos quando os mesmos estão ligados ao tronco. Assim o Bispo entende que discípulo isolado, não produz frutos.

Os organismos de comunhão são apresentados pelo Bispo, desde os Concílios, passando pelas Conferências Episcopais até os  conselhos Diocesanos e paroquiais. Eles existem para gerar comunhão.

A Carta Pastoral é finalizada com as indicações práticas para que haja um profundo e profícuo relacionamento de todos com o Papa, Bispo, Províncias, cristãos de outras religiões, nas pastorais e nas ações da Igreja.

Dom Messias finaliza usando a imagem da roseira. Ela produz rosas. Uma rosa em sim tem sua beleza, mas uma roseira florida chama muita atenção. As pétalas das rosas unidas formam a rosa, dão perfume e encantam os olhos. As pétalas separadas, isoladas não chamam atenção. Pede o Bispo que o testemunho da unidade exista e contribua para o aumento da fé.

Você pode ler abaixo, ou baixar a carta clicando aqui


Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.


Threesome