Seja bem-vindo(a) ao nosso novo portal! Ajude-nos a deixá-lo ainda melhor enviando a sua opinião. Clique aqui.
Artigos › 01/04/2018

Semana Santa : Viver, celebrar, testemunhar

A Comunidade Cristã celebra, nestes dias, com intensidade litúrgica, o Mistério Pascal de Cristo : Vida, Paixão, Morte e Ressurreição. Não se trata de simplesmente relembrar fatos do passado, mas de celebrar e assumir suas consequências em nossa História. “Celebrar o Mistério de Cristo é celebrar Cristo em nossa vida e a nossa vida em Cristo”.(CNBB 43, n. 205).

“A Comunidade, reunida no Espírito Santo, faz a leitura simultânea da Bíblia e da História, em clima orante, e assim consegue discernir nos acontecimentos os sinais da vida e da morte, do Reino e do anti-Reino. Deste modo, na Liturgia a Comunidade desvenda, revela, profetiza, anuncia e denuncia, adora, louva e agradece, pede perdão, implora e intercede, partilha e comunga. Liturgia Cristã e História são inseparáveis. A Celebração Litúrgica não está fora do contexto social, econômico, político e cultural. Celebramos a presença e a ação libertadora de Deus na realidade histórica, pois a relação do povo com Deus não se dá fora da história, mas no coração dela, dentro dos acontecimentos. O Povo de Deus convocado para o Culto é o mesmo povo que trabalha, faz festa, sofre, espera e luta na História.(…) Não é possível celebrar um ato litúrgico alheio ao contexto da vida real do povo, em sua dimensão pascal”.(CNBB 43, n. 55).

Portanto, irmãos e irmãs, como celebrar a Semana Santa, para que não se reduza à lembrança de fatos do passado? Sofremos, hoje, no Brasil e em outros países, massacres, assassinatos, guerras do tráfico, do trânsito, da corrupção, a violência da miséria e da fome em várias partes do mundo. Vivemos, também, graças a Deus e à resposta amorosa de muitos e muitas, a esperança do mundo que se levanta pela paz, do Brasil que se manifesta e que se organiza para a mudança, dos atos pequenos ou grandes que justificam e dão sentido à existência.

Convidamos a todos para a vivência e o testemunho do Mistério Pascal de Cristo. A Paixão de Cristo é a Paixão do povo, a Paixão do povo é a Paixão de Cristo e sua vitória é a vitória do Projeto da Vida : “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância”.(Jo 10, 10). Porém, é imperioso lembrar, quem não estiver assumindo o compromisso de transformação do mundo e não estiver acolhendo, libertando, testemunhando a justiça e a fraternidade, não terá como celebrar a Páscoa do Senhor.

Neste Ano Nacional do Laicato, celebremos, com toda a Igreja, de modo especial, a presença, a organização e a ação dos cristãos leigos e leigas no Brasil, testemunhando o Reino de Deus na história

Desejamos que você, sua família e comunidade, participem ativa e conscientemente das Celebrações da Semana Santa, cresçam na fé e, consequentemente, no compromisso com a libertação da Humanidade.

Por: Laudelino Augusto


Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.