Imaculado Coração de Maria: luz e guia dos povos

0
20

Imaculado_Cora_o_de_Maria_8_É sempre motivo de festa e alegria quando podemos celebrar a festa do padroeiro nas nossas paróquias e, se assim o é, melhor ainda é poder celebrar a festa do Padroeiro diocesano, o Imaculado Coração de Maria.
Segundo o calendário litúrgico, devemos sempre celebrar esta solenidade no sábado seguinte à Solenidade do Sagrado Coração de Jesus e, como está dito na III parte do PDP, número 222 é necessário “celebrar solenemente o dia do padroeiro diocesano: Imaculado Coração de Maria”. E porquê celebrar solenemente? Porque assim como em Caná ela continua intercedendo por nós para que a água da nossa fé se transforme em vinho de esperança na Ressurreição.
Celebrar solenemente porque, indubitavelmente, Maria é luz, não de um modo pleno, pois a plenitude da luz está em Cristo quando diz “Eu sou a luz do mundo, aquele que me segue não andara nas trevas, mas terá a luz da vida” (Jo 8,12) mas, não deixa de ser luz.Maria é luz porque foi escolhida por Deus e gerou pela ação do Espírito Santo para que a LUZ VERDADEIRA viesse ao mundo iluminar as trevas dos nossos corações.
Em muitos lugares que temos passado sempre ouvimos aquele belo e autêntico canto que diz: “O Imaculado coração de Maria, o Imaculado coração de Maria, és luz e guia, és luz e guia, és luz e guia dos teus filhos aqui…”. Muitas vezes quando ouvimos este cântico e, pela singeleza e simplicidade toca os corações desde as crianças até os idosos. Por isso sempre pedimos e cantamos com toda fé; guia os teus filhos aqui e onde quer que estejam, pois onde não se tem alguém que guie fica difícil a caminhada.
Desse modo, consagramos ao Imaculado Coração de Maria os sacerdotes, os fiéis, toda a Igreja e pedimos este poderoso auxílio para que passe à frente de todas as ações da nossa diocese e seja luz e guia a levar-nos para o céu quando chegar nossa última hora aqui nesta terra.
 
Pe. Luvanor Pereira da Silva
Paróquia Imaculado Coração de Maria