Dom Messias visita a Diocese de Teófilo Otoni: “quero conhecer e amar para ser um pastor próximo das pessoas”

0
816

O administrador apostólico da Diocese de Uruaçu, Dom Messias dos Reis Silveira, visitou nos dias 19 a 22 de novembro, a Diocese de Teófilo Otoni (MG) para a qual foi nomeado pelo papa Francisco, no dia 14 de novembro.Ele chegou àquela Igreja particular na segunda-feira (19) por volta das 23h30. Na manhã de terça-feira teve um encontro com os padres e, após um momento de oração, foram repassados a Dom Messias dados importantes sobre a diocese.

Celebrando com os seminaristas da Teologia

De acordo com as informações, a Diocese de Teófilo Otoni tem uma extensão de 24 mil km² e está dividida em sete setores. A população é em torno de 550 mil habitantes. Ao todo são 41 paróquias, 31 padres diocesanos e 17 padres religiosos. Os seminaristas são três na etapa Propedêutico, seis na Filosofia e sete na Teologia. No próximo ano haverá mais um cursando o quarto ano de Teologia, portanto, em 2019 serão dez seminaristas na Teologia, já que mais dois que estão concluindo Filosofia começarão o novo curso. As religiosas são 46 presentes na diocese. Há três tribos indígenas e 19 comunidades quilombolas.

Dom Messias foi informado ainda que a diocese tem atuação significativa das Pastorais Sociais e um Conselho de

Dom Messias com o Clero de Teófilo Otoni

Leigos organizado com expressiva participação do laicato. “É uma Igreja que assumiu a vocação laical e está aberta à dimensão social e aos movimentos e pastorais. Parece ser uma diocese aberta ao sopro do Espírito Santo”, disse o bispo que afirmou ter ficado contente com a visita. “Fiquei muito feliz com a acolhida dos padres, abertos, querendo expressar o desejo de continuar. Acolheram-me muito bem e eu senti que estão esperançosos com a chegada do novo bispo. Uma palavra que marcou muito a minha fala e eles guardaram com carinho foi sobre ternura e acolhimento. Sei que sou uma novidade na vida deles e eles também em minha vida, mas quando a novidade vem de Deus nós devemos acolher, amar e não temer. Assim, nós passamos a manhã em reunião. Depois me apresentei e disse de onde venho. Falei um pouco da realidade da Diocese de Uruaçu e da minha entrada nesta Diocese de Teófilo Otoni. Afirmei que eu não quero apenas conhecer, mas conhecer e amar. Porque só conhecer pode ser que aconteça e não goste. Mas eu quero conhecer e amar para ser pastor próximo das pessoas”, comentou.

Capela da Cúria de Teófilo Otoni

Outro momento da visita foi dedicado ao conhecimento da residência episcopal e da Cúria Diocesana. Esta, por sinal, segundo Dom Messias, é bastante organizada. Inclusive há uma capela em que as pessoas rezam ali pelo ministério do bispo e de toda a vida da diocese. Depois ele visitou a Catedral, o seminário e à noite celebrou a Santa Missa com um pequeno grupo de padres. O dia foi encerrado com um jantar fraterno. Dom Messias já está retornando para Uruaçu, após outra uma segunda visita ao Seminário de Teologia,em Belo Horizonte. Na ida ele também esteve na casa. Da capital mineira a Teófilo Otoni são 8h de viagem.

Setor de Comunicação Diocesano