Seminarista Suenis Gonçalves recebe o Ministério do Leitorado

0
480

No dia 29 de dezembro, o seminarista Suenis Gonçalves de Oliveira recebeu o ministério de leitor, o penúltimo concedido antes da ordenação diaconal. A celebração foi presidida pelo Administrador Apostólico, Dom Messias dos Reis Silveira, na Paróquia Santo Antônio de Pádua, de Mara Rosa (GO). A missa também foi rezada em ação de graças pelo aniversário de 11 anos de ordenação do padre José Fábio de Sena, e por Dom Messias que assume a Diocese de Teófilo Otoni (MG) a partir do próximo mês. A celebração foi especial e toda a comunidade de Mara Rosa se despediu do bispo que conduziu a Diocese de Uruaçu por 12 anos.

A celebração contou ainda com a presença dos seminaristas de Brasília e dos padres Nielson, Edval, Franciel, Cornélio, Tiago e do diácono Renner.

Instituição de leitor

Os seminaristas do 2º e do 3º ano de teologia recebem os ministérios de leitor e acólito, respectivamente, em preparação ao sacerdócio. Trata-se de ministérios que os preparam para as ordenações diaconal e presbiteral posterior. A função do leitor é fazer a leitura da palavra de Deus na assembleia litúrgica nas missas e atos sagrados, cabe a ele proferir as leituras sagradas, exceto o Evangelho.

Acolitado
A etapa seguinte é o acolitado, ministério que confere a função de cuidar do altar e auxiliar o diácono e o padre nas ações litúrgicas, de modo especial na celebração da Santa Missa. Compete ainda ao acólito distribuir a Sagrada Comunhão Eucarística e, em situações extraordinárias, ele é encarregado de expor e repor a Sagrada Eucaristia para adoração. Ele, porém, não pode dar a bênção com o Santíssimo Sacramento. Conforme o cerimonial dos bispos, esses dois ministérios também são confiados aos leigos.

As duas etapas, leitorado e acolitado são importantes e indispensáveis para a formação dos candidatos ao sacerdócio. São compromissos e significam passos avançados no caminho para o Sacramento da Ordem.