Cáritas Brasileira está formando 422 agentes de desenvolvimento solidário, sustentável e territorial

0
331

Um grupo de 422 pessoas, entre lideranças sociais e comunitárias de todo o Brasil concluirá em julho deste ano o curso de formação à distância “Pastoralidade, Cultura da Solidariedade e Bem Viver” oferecido pela Cáritas Brasileira desde outubro de 2017. A formação, composta por dois módulos, tem o objetivo de qualificar a atuação dos gestores, assessores e agentes da Cáritas na construção do desenvolvimento solidário sustentável e territorial, em conjunto com os grupos de base.

Como resultado do primeiro módulo, cuja duração foi de outubro de 2017 a fevereiro deste ano, o coordenador geral do curso Leon Patrick informa que foi produzido um conjunto de 150 textos, entre artigos e outros formatos, sobre os temas geradores e também sobre áreas específicas. “As pessoas precisam de elementos teóricos e formativos que as ajudem a olhar para suas experiências e fazer uma leitura crítica e construtiva que aponte novos horizontes”, avaliou Leon.

O membro da diretoria-executiva nacional da Cáritas Brasileira Luiz Cláudio Mandela ressalta que a produção dos alunos resultou num acúmulo muito grande que ajudará não apenas a Cáritas mas também o conjunto das organizações, movimentos e as próprias comunidades a fortalecer a sua ação a partir da elaboração desenvolvida.

Leia matéria completa em www.cnbb.net.br